Editora Thoth nas redes sociais:

     

Natureza Como Mercadoria: Das Origens na Racionalidade Moderna à (In)Sustentabilidade Ambiental

R$ 80,00
Adicionar ao Carrinho Adquirir E-book

*Previsão de envio a partir do dia 09/02/2022


O tratamento da natureza como mercadoria tem sido observado como um processo cada vez mais aprofundado nas sociedades humanas. Para além da simples apropriação e venda dos elementos naturais, temos vivenciado a criação (ou invenção) de novas mercadorias que incrementam os mercados e o sistema econômico. Diante dos desafios que a crise ambiental impõe, temos criado mercados de carbono, mecanismos de compensação ambiental, temos elaborado a ideia de serviços ambientais passíveis de pagamento e outras medidas que pressupõem a determinação de um valor de troca para a natureza, deixando de lado seu valor de uso e, portanto, o seu livre acesso. Ao mesmo tempo em que vemos a exploração desenfreada e mercadológica dos elementos naturais como causa para a crise do meio ambiente, seguimos a mesma lógica de estabelecer valores monetários que corrijam os desequilíbrios resultantes de nossas atividades econômicas, gerando um ciclo destrutivo e sem sentido propositivo para os problemas ambientais. Assim, convidamos para a leitura deste livro aqueles que buscam investigar as causas e consequências da crise ambiental vivenciada atualmente, enfocando a análise na relação histórica entre mercados e elementos naturais. A abordagem proposta é latino-americanista, decolonial, ecológica e holística, e busca, sobretudo, promover o cuidado responsável com esta “casa comum” chamada Terra.


Categorias:
Tags:
Autores: Danielle de Ouro Mamed

*Previsão de envio a partir do dia 09/02/2022


O tratamento da natureza como mercadoria tem sido observado como um processo cada vez mais aprofundado nas sociedades humanas. Para além da simples apropriação e venda dos elementos naturais, temos vivenciado a criação (ou invenção) de novas mercadorias que incrementam os mercados e o sistema econômico. Diante dos desafios que a crise ambiental impõe, temos criado mercados de carbono, mecanismos de compensação ambiental, temos elaborado a ideia de serviços ambientais passíveis de pagamento e outras medidas que pressupõem a determinação de um valor de troca para a natureza, deixando de lado seu valor de uso e, portanto, o seu livre acesso. Ao mesmo tempo em que vemos a exploração desenfreada e mercadológica dos elementos naturais como causa para a crise do meio ambiente, seguimos a mesma lógica de estabelecer valores monetários que corrijam os desequilíbrios resultantes de nossas atividades econômicas, gerando um ciclo destrutivo e sem sentido propositivo para os problemas ambientais. Assim, convidamos para a leitura deste livro aqueles que buscam investigar as causas e consequências da crise ambiental vivenciada atualmente, enfocando a análise na relação histórica entre mercados e elementos naturais. A abordagem proposta é latino-americanista, decolonial, ecológica e holística, e busca, sobretudo, promover o cuidado responsável com esta “casa comum” chamada Terra.


SOBRE A AUTORA

AGRADECIMENTOS

PREFÁCIO

APRESENTAÇÃO


INTRODUÇÃO


CAPÍTULO 1

MODERNIDADE E SOCIEDADE CAPITALISTA: GÊNESE DA MERCANTILIZAÇÃO DA VIDA


CAPÍTULO 2

NATUREZA FRAGMENTADA: CIÊNCIA, MERCADO, PRODUÇÃO E CONSUMO


CAPÍTULO 3

DO LIBERALISMO AO NEOLIBERALISMO: O APROFUNDAMENTO DA RACIONALIDADE CAPITALISTA E DA MERCANTILIZAÇÃO DA NATUREZA


CAPÍTULO 4

ESPOLIAÇÃO DA NATUREZA E DOS POVOS PELO COLONIALISMO


CAPÍTULO 5

FORMAÇÃO DOS ESTADOS NACIONAIS E CONSOLIDAÇÃO DO CAPITALISMO PERIFÉRICO


CAPÍTULO 6

DESENVOLVIMENTISMO CONTRA O “ATRASO” LATINO-AMERICANO: A CRISE SOCIOAMBIENTAL


CAPÍTULO 7

O PARADIGMA DA SUSTENTABILIDADE CONTRA A CRISE SOCIOAMBIENTAL


CAPÍTULO 8

SUSTENTABILIDADES FLEXÍVEIS E AS NOVÍSSIMAS MERCADORIAS VINDAS DA NATUREZA


CONSIDERAÇÕES FINAIS


REFERÊNCIAS

ISBN 978-65-5959-203-6
Dimensões 23 x 15.5 x 1
Tipo do Livro Impresso
Páginas 140
Edição 1
Idioma Português
Editora Editora Thoth
Publicação Janeiro/2022
  1. Danielle de Ouro Mamed
    Doutora em Direito Econômico e Socioambiental pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), com Pós-Doutorado em Desenvolvimento Regional pela Universidade do Contestado (UnC). Mestre em Direito Ambiental e Graduada em Direito pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Professora Adjunta da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

Acessar Conta



Esqueceu sua senha?

Esqueceu sua senha?

Digite seu e-mail abaixo para iniciar o processo de recuperação de senha.